Após 13 anos de PT, o trabalhador brasileiro só produzia 25% do que rendia o americano

O Partido dos Trabalhadores encerrou um ciclo de 13 anos no comando do Brasil com um dado vergonhoso para o trabalhador brasileiro: um americano produzia sozinho o equivalente aos esforços de quatro brasileiros. Para ser mais exato, enquanto o “gringo” conseguia render em média US$ 118.826 aos próprios contratantes, o representante nacional produzia apenas US$ 29.583.

Desde a década de 1950, essa proporção não era tão desigual. Até os anos 1980, inclusive, a distância diminuía e atingia o melhor resultado: dois para um. Na indústria, houve ganho de produtividade considerável até 1997. Mas tudo voltaria ao fundo do poço sob a condução petista.

Os dados pertencem a um levantamento do Conference Board, e foram compilados Fernando Veloso, pesquisador da FGV.

Curtiu o texto? Siga o autor no Twitter ou Facebook, ou contribua com o crowdfunding (financiamento coletivo) dele clicando aqui e seguindo as instruções.
Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 100% OFF (com desconto máximo de R$ 10) em até 2 corridas. Após ativado, o crédito terá validade de 30 dias.

Publicado por

Marlos Ápyus

Jornalista e músico. Edita o implicante.org desde julho de 2017. Siga-o no Twitter (@apyus) ou no Facebook (/apyus), ou contribua com o crowdfunding (financiamento coletivo) clicando aqui.

Deixe uma resposta