Banco Mundial sugeriu que o Brasil congele o salário dos servidores públicos por 7 anos

Banco Mundial sugeriu que o Brasil congele o salário dos servidores públicos por 7 anos

Em função semelhante, com mesma experiência e formação, um servidor federal ganha no Brasil, em média, 67% a mais do que um profissional que atua no setor privado. Esta diferença é o que o Banco Mundial chama de “prêmio salarial”. De acordo com a entidade, em 53 nações avaliadas, o brasileiro é quem arca com o “prêmio” mais caro.

Como se trata de alguém bancado pela carga tributária, cria-se a bizarra situação em que os cidadãos mais humildes transferem renda para os mais ricos – mais da metade dos servidores públicos estão entre os 20% mais bem pagos do país.

Para resolver o problema, o Banco Mundial sugeriu congelar os salários até pelo menos 2024. Com isso, seria possível economizar 0,9% do PIB – algo acima dos R$ 56 bilhões por ano.

Ainda que a medida seja tomada de imediato, os servidores sairão dela 16% melhor remunerados que os colegas do setor privado.

No Top 10 de atividades que mais lucram no Brasil, seis posições estão ligadas a serviços do setor público. E isso não é comum no restante do mundo.