O Brasil edita 250 regras tributárias por semana

Além de um divertido depoimento sobre a Tesla Motors, a coluna de Jose Casado trouxe em O Globo três informações que demonstram quão equivocado é o rumo caminhado pelo país em pesquisas científicas nas últimas décadas.

  1. Nos anos 1960, o Brasil era o segundo que mais registrava patentes nos Estados Unidos. Perdia apenas para o Japão. Meio século depois, foi superado por 25 nações.
  2. Nos anos 1990, “Brasil e Índia possuíam economias e políticas similares para ciência, pesquisa, desenvolvimento e inovação“. Duas décadas depois, a Índia registrava oito vezes mais patentes.
  3. Em média, o Brasil edita 13 mil regras tributárias por ano, ou 250 por semana. Ou ainda uma a cada 10 minutos e 34 segundos – ao se considerar a jornada de trabalho de 44 horas semanais, .

A explicação vem da relação promíscua entre o poder público e a ala mais lobista do Mercado, que gera uma concorrência desleal com quem poderia inovar, resultando em oligopólios e cada vez mais atraso.

O Brasil não precisa mudar só o comando da nação, ou mesmo o sistema que o define. Precisa mudar também a própria cultura.

Curtiu o texto? Siga o autor no Twitter ou Facebook, ou contribua com o crowdfunding (financiamento coletivo) dele clicando aqui e seguindo as instruções.
Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 100% OFF (com desconto máximo de R$ 10) em até 2 corridas. Após ativado, o crédito terá validade de 30 dias.

Publicado por

Marlos Ápyus

Jornalista e músico. Edita o implicante.org desde julho de 2017. Siga-o no Twitter (@apyus) ou no Facebook (/apyus), ou contribua com o crowdfunding (financiamento coletivo) clicando aqui.

Deixe uma resposta