Cármen: “Agride-se de maneira inédita a dignidade deste tribunal”

Cármen Lúcia preferiu não esperar. E, de uma forma pouco comum, soltou nas redes sociais um breve pronunciamento em que, de maneira direta, exige que tudo e todos sejam investigados. Para tanto, alegou que “agride-se de maneira inédita na história do país a dignidade institucional deste supremo tribunal e a honorabilidade de seus integrantes“.

Aparentemente, a dupla Joesley Batista e Ricardo Saud encontrou a linha vermelha que não pode ser cruzada no STF. Há anos a casa vem sendo desmoralizada pela postura de seus integrantes. Mas detalhes da intimidade dos ministros sempre eram preservados – uma prática ainda comum em Brasília.

Até o momento, muito por causa das redes sociais, Lúcia tem sido a mais atingida pela vazamento. Na conversa gravada pelos executivos do grupo J&F, a proximidade que ela teria com Dilma Rousseff e José Eduardo Cardozo é narrada com detalhes picantes, ainda que pouco críveis.

Mais do que a honra do Supremo, a honra de sua presidente foi abalada. Ela tinha que reagir. Mas até que demorou.

Curtiu o texto? Siga o autor no Twitter ou Facebook, ou contribua com o crowdfunding (financiamento coletivo) dele clicando aqui e seguindo as instruções.
Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 100% OFF (com desconto máximo de R$ 10) em até 2 corridas. Após ativado, o crédito terá validade de 30 dias.

Publicado por

Marlos Ápyus

Jornalista e músico. Edita o implicante.org desde julho de 2017. Siga-o no Twitter (@apyus) ou no Facebook (/apyus), ou contribua com o crowdfunding (financiamento coletivo) clicando aqui.

Deixe uma resposta