Em vídeo, Lindbergh Farias ri da agressão sofrida por diretor de comunicação do Uber

Quando o Senado votou o projeto que, na prática, inviabilizaria o Uber no Brasil, um taxista foi flagrado agredindo Fabio Sabba, diretor de comunicação do serviço. Como se a notícia já não fosse grave em suficiência, o Poder 360 confirmou que o plano original era vitimar Dara Khosrowshahi, iraniano que ocupava o cargo de CEO da empresa e veio ao Brasil negociar uma solução para o problema criado pelo PT.

Nas redes sociais, o próprio agressor publicou um vídeo em que surge ironizando a agressão: “Fazendo o senador rir com o mosquito que assombrava o Senado“. No vídeo, Marcelo do Táxi pede “desculpas” a Lindbergh Farias alegando que “um cara estava com um mosquito lá“. É quando o senador ri e responde: “Foi você? Eu vi imagens“.

FAZENDO O SENADOR RIR COM O MOSQUITO QUE ASSOMBRAVA O SENADO

Publicado por João Marcelo Ferreira em Sexta, 3 de novembro de 2017

Ao mesmo Poder 360, o petista tentou reverter o estrago: “Não sou a favor de nenhum tipo de agressão. Minha reação foi mudar de assunto. Dei risada e tentei sair. Eu condeno qualquer tipo de violência.” Mas o discurso não parece casar com o que surge nas imagens.

Curtiu o texto? Siga o autor no Twitter ou Facebook, ou contribua com o crowdfunding (financiamento coletivo) dele clicando aqui e seguindo as instruções.
Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 100% OFF (com desconto máximo de R$ 10) em até 2 corridas. Após ativado, o crédito terá validade de 30 dias.

Publicado por

Marlos Ápyus

Jornalista e músico. Edita o implicante.org desde julho de 2017. Siga-o no Twitter (@apyus) ou no Facebook (/apyus), ou contribua com o crowdfunding (financiamento coletivo) clicando aqui.

Deixe uma resposta