Após tudo o que fez, a JBS recebeu R$ 1,1 bilhão em desconto nas dívidas fiscais

Refis é como ficou conhecido o mecanismo que regulariza os créditos da União decorrentes de débitos relativos a tributos e contribuições administrados pela Receita Federal, Fazenda Nacional e INSS. Em resumo, trata-se de um programa de desconto de dívidas.

Como bem apontou Miriam Leitão, a JBS foi uma das empresas que aderiram à edição 2017 do Refis. A mesma JBS que se comprometera a pagar R$ 10,3 bilhões pelo crimes cometidos recebeu, além de prazo mais vantajoso, um desconto de R$ 1,1 bilhão nos débitos fiscais.

É ainda a empresa que participou do acordo de delação que renderia duas denúncias contra o presidente da República – o que só serviu para adiar reformas, uma vez que só arquitetos da manobra encontram-se presos.

É inacreditável. O Governo Federal segue fingindo que os últimos quatro anos não ocorreram.

Curtiu o texto? Siga o autor no Twitter ou Facebook, ou contribua com o crowdfunding (financiamento coletivo) dele clicando aqui e seguindo as instruções.
Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 100% OFF (com desconto máximo de R$ 10) em até 2 corridas. Após ativado, o crédito terá validade de 30 dias.

Publicado por

Marlos Ápyus

Jornalista e músico. Edita o implicante.org desde julho de 2017. Siga-o no Twitter (@apyus) ou no Facebook (/apyus), ou contribua com o crowdfunding (financiamento coletivo) clicando aqui.

Deixe uma resposta