Jornalistas premiaram Chico Alencar e Randolfe Rodrigues, mas o público foi de Eduardo Bolsonaro e Magno Malta

Após tudo o que saiu no noticiário brasileiro, soa estranho falar em prêmio para parlamentar. Mas a verdade é que o Congresso em Foco existe desde antes da deflagração da Lava Jato. Em sua edição 2017, o prêmio inovou ao realizar três votações distintas: além do júri, público e imprensa escolheram os melhores senadores e deputados federais.

No primeiro grupo, Ana Amélia (PP-RS) e Tasso Jereissati (PSDB-CE) dividiram o prêmio no Senado, enquanto Alessandro Molon (Rede-RJ), aquele que tem quebrado recordes de aparições nos telejornais da rede Globo, ficou com a vitória na Câmara Federal. O público optou por conferir vitórias graúdas ao senador Magno Malta (PR-ES) e ao deputado Eduardo Bolsonaro (PSC-SP), ambos com mais que o dobro da votação do segundo colocado – contudo, e estranhamente, o pai deste não aparece na lista de votados.

A imprensa escolheu dois nomes ligados ao PSOL, ainda que o segundo já esteja no REDE. Os 73 jornalistas de 45 veículos de comunicação escolheram Chico Alencar como o melhor parlamentar da Câmara, com Randolfe Rodrigues despontando no Senado.

Para a máxima surpresa de ninguém.

 

Curtiu o texto? Siga o autor no Twitter ou Facebook, ou contribua com o crowdfunding (financiamento coletivo) dele clicando aqui e seguindo as instruções.
Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 100% OFF (com desconto máximo de R$ 10) em até 2 corridas. Após ativado, o crédito terá validade de 30 dias.

Publicado por

Marlos Ápyus

Jornalista e músico. Edita o implicante.org desde julho de 2017. Siga-o no Twitter (@apyus) ou no Facebook (/apyus), ou contribua com o crowdfunding (financiamento coletivo) clicando aqui.

Deixe uma resposta