O brasileiro paga R$ 1,65 milhão por ano em aposentadorias a deputados federais cassados

A Câmara Federal paga aposentadoria a uma dezena de deputados cassados. Conforme levantamento do Estadão, a conta é salgada: R$ 126.960,94 por mês. Ao subtrair-se o caso de Francisco Pinto, que perdeu o mandato ainda durante a ditadura, a média salarial supera os R$ 14 mil. No caso mais impactante, o mensaleiro Roberto Jefferson, fora da casa desde 2005, recebe invejáveis R$ 23.344,70. Mas nenhum dos outros oito nomes ganha menos do que R$ 8.775,38.

Conforme explicou o jornal, nada disso é ilegal, o que só deixa a notícia ainda mais escandalosa. Para completar, são enormes as chances de José Dirceu, que chegou a ser preso pela operação Lava Jato, também vir a receber benefício semelhante.

Em um ano, o custo deste abuso supera R$ 1,65 milhão. Mais da metade dos beneficiados são agraciados há mais de 20 anos, quando o escândalo dos “Anões do Orçamento” cassou cinco deputados federais de uma só vez – numa época em que escândalos do tipo ainda resultavam em prejuízo aos envolvidos.

Curtiu o texto? Siga o autor no Twitter ou Facebook, ou contribua com o crowdfunding (financiamento coletivo) dele clicando aqui e seguindo as instruções.
Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 100% OFF (com desconto máximo de R$ 10) em até 2 corridas. Após ativado, o crédito terá validade de 30 dias.

Publicado por

Marlos Ápyus

Jornalista e músico. Edita o implicante.org desde julho de 2017. Siga-o no Twitter (@apyus) ou no Facebook (/apyus), ou contribua com o crowdfunding (financiamento coletivo) clicando aqui.

Deixe uma resposta